Carta denuncia criminalização de defensores de DH em MT

Quinze entidades que atuam na defesa de direitos humanos assinaram uma carta de apoio aos defensores e defensoras de Direitos Humanos do município de Várzea Grande, em Mato Grosso.

Os defensores Dalete Soares de Souza, Tiago Chaveiro e João Munhoz Vezetiv Júnior vêm sofrendo retaliações por conta da sua luta por condições acessíveis de transporte urbano.

“Lutar contra o monopólio das empresas, a cobrança abusiva do valor de passagem significa lutar pela promoção de direitos humanos. Isto é cidadania e não crime”, afirma o documento.

A carta foi redigida no Encontro Estadual de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos, realizado nos dias 13 e 14 de dezembro, em São Luís/MA.

Leia a carta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *