Nota pública

Repudiamos com veemência o assassinato do trabalhador rural JOSÉ FRANCISCO DE SOUSA ARAÚJO (Vanu) ocorrido neste domingo (11), no Povoado Volta da Palmeira, em Codó/MA. Ele foi executado a tiros por dois homens que transitavam em uma moto.

José Francisco era oriundo do Povoado Vergel e já havia sido vítima de uma tentativa de homicídio em 2019. Esse povoado é palco de um intenso conflito agrário que já vitimou fatalmente quatro pessoas de uma mesma família, todos parentes de Vanu, desde o ano de 2012. Um sobrevivente dessa família também se diz marcado para morrer.

Esse homicídio do dia 11 de julho reproduz uma escalada de violência no campo, onde, dentro de um período de 30 dias, quatro trabalhadores rurais foram mortos e um camponês (Juscelino Galvão, Alto Alegre/MA) e um indígena Ka’apor foram vítimas de atentados à bala.

Esperamos que providências urgentes sejam tomadas para o esclarecimento desses fatos criminosos, com a responsabilização de todos os envolvidos.

São Luís/MA, 13 de Julho de 2021

Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem-Terra (MST/MA
Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *