Quilombo tem dificuldade em titulação

SMDH COMUNICA – No dia 8 de agosto, a Sociedade Maranhense de Direitos Humanos – SMDH, participou de audiência pública realizada na Câmara Federal para discutir a situação do Quilombo Mesquita, no estado de Goiás.

A audiência foi um requerimento da deputada Érika Kokay (PT-DF), em razão da redução da extensão territorial da Comunidade Remanescente de Quilombo Mesquita, em Goiás, mediante Resolução do Conselho Diretor do INCRA, publicada em 24/05/2018 no Diário Oficial

Participaram, além da SMDH, o INCRA, a Fundação Cultural Palmares, entidades quilombolas e representantes da comunidade. Os representantes da comunidade destacaram que a comunidade foi fragilizada pelo processo de violência institucional e racial sofrida. Responsabilizaram, ainda, o INCRA pelo retrocesso no processo de titulação das terras. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *